Advocacy e Pesquisa

Boletim Capitais ITC2.0 #06: 62% das capitais omitem dados sobre estoque de testes da Covid-19

22 out de 2020, por OKBR

Compartilhar

Apenas 23% divulgam tipos de testes; falta de transparência coloca em dúvida capacidade do país de diagnosticar a doença, já que o mês de setembro registrou queda na distribuição de testes aos estados 

16 capitais brasileiras (62%) não divulgam qualquer tipo de informação sobre testes disponíveis da Covid-19; apenas 6 (23%) divulgam informação especificando o tipo de teste (rápido ou RT-PCR).

A capacidade de testagem é uma informação divulgada por 11 prefeituras (42%). 

Ritmo de abertura segue avançando lentamente: 12 capitais (46%) permanecem abaixo do nível “Bom” no Índice de Transparência da  Covid-19 (ITC-19). Na rodada de avaliação anterior, eram 13 cidades (50%) nessa condição.  

Cinco capitais seguem estagnadas no nível de transparência “Baixo”. São elas: Goiânia (GO); São Paulo (SP); Rio Branco (AC); Campo Grande (MT) e Aracaju (SE).

Apesar de a estratégia de manter ou ampliar os níveis de testagem seja apresentada por especialistas como uma ferramenta das mais eficientes de resposta do poder público,  62% das capitais brasileiras não há informação pública sobre o estoque de testes neste momento, revela a sexta rodada de avaliação do Índice de Transparência da Covid-19 (ITC-19), que completa três meses de aplicação nas capitais.

Sobre testagem, são três quesitos buscados nos sites oficiais das prefeituras: (i) quantidade de testes disponíveis ; (ii) quantidade de testes já realizados e (iii) capacidade de testagem, ou seja, medida que permite compreender a quantidade de testes que o município é capaz de processar em um determinado período de tempo . 

Sem esses dados, ressalta Fernanda Campagnucci, , diretora-executiva da OKBR , a informação sobre a quantidade de novos casos deixa de ser confiável. “Toda a política de reabertura das atividades é fundamentada na informação sobre a curva de contágio, se está subindo ou descendo. Mas se não sabemos quantos e quais testes estão sendo realizados ou mesmo quantos e quais testes a cidade ainda pode fazer, perdemos esse contexto fundamental”. 


% DE CUMPRIMENTO DOS INDICADORES DE TESTAGEM NO ITC

A transparência sobre a capacidade de testagem e os testes já aplicados nas capitais foi reduzida desde a última avaliação (de 4% e 2%, respectivamente); considerando o cumprimento parcial de algumas capitais, menos de um terço (31%) divulga estoque de testes disponíveis

Confira abaixo o gráfico de evolução das capitais em cada categoria entre as duas últimas rodadas de avaliação.

A sexta rodada de avaliações das capitais foi feita a partir dos dados disponíveis em 14 de outubro.

A próxima avaliação da transparência das capitais está prevista para o dia 27 de novembro. A próxima avaliação do ITC-19 2.0 a ser publicada será sobre os estados, na primeira quinzena do mês que vem.

Downloads:

#6º Boletim completo do Índice de Transparência Covid-19 2.0

Base de dados completa com a avaliação detalhada de cada ente.

Nota metodológica com o detalhamento dos critérios de avaliação.

Mais informações no site: transparenciacovid19.ok.org.br

 Obs: Junto com a publicação deste boletim das capitais, publicamos também a retificação da 6ª edição do Índice de Transparência da Covid-19 nos Estados, corrigindo apenas a pontuação dos estados da Bahia, Ceará e Rio Grande do Norte a partir da revisão de quesitos solicitada pelos entes e constatadas válidas pela OKBR .


Notice: Undefined variable: mesmoeixo in /var/www/ok.org.br/wp-content/themes/okbr/single-noticia.php on line 53