Advocacy e Pesquisa

Coronavírus #7 : Região Sul tem pior desempenho no Índice de Transparência da Covid-19

14 Maio de 2020, por OKBR

Compartilhar

Baixa pontuação de RS e SC causa o impacto na média regional, de 64 pontos; Nordeste e Sudeste lideram ranking, com nota média de 83.

→ Proporção de estados que não alcançaram categorias “Bom” ou “Alto” agora é de 25%. Quando o monitoramento da OKBR começou, taxa era de 90%.
→Divulgação de testes disponíveis nos estados ainda é um gargalo. Apenas 11 entes (39%) publicam a informação.
→ Taxa de ocupação de leitos é divulgada apenas por 5 estados. Outros 12 divulgam ocupação de leitos exclusivos para Covid-19.
 Proporção de estados que divulgam microdados (registros detalhados por caso) chega a 61%. No início da avaliação, taxa era de 16%.
Nove estados ainda não divulgam informações sobre casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave, informação-chave para estimar subnotificação


O boletim do Índice de Transparência da Covid-19 (ITC-19) chega a sua 7ª edição mostrando que os estados das Regiões Nordeste e Sudeste estão entre os mais transparentes do país na avaliação, com média de 83 pontos. Já o desempenho dos estados da Região Sul ainda deixa a desejar. Apenas o Paraná ocupa posição na categoria “Alto”, com 90 pontos, enquanto os vizinhos Rio Grande do Sul e Santa Catarina permanecem no nível “Médio” do ITC-19, respectivamente com 55 e 48 pontos. 

Dos 9 estados nordestinos, seis possuem nível considerado “Alto”, com destaque para Pernambuco e Alagoas, compartilhando a primeira posição do ranking. Apenas a Bahia está no nível “Médio”, principalmente em função de não ter, até agora, disponibilizado uma base de dados com detalhamento dos casos.

Já no caso da região Sudeste, o Espírito Santo, que chegou ao topo do ranking na semana passada, e Minas Gerais, com 90 pontos, são os destaques. Rio de Janeiro e São Paulo, conforme destacado na última edição do boletim, permanecem estagnados na categoria “Bom” desde a segunda rodada de avaliação.  


A quantidade de estados que divulgam microdados melhorou: hoje, 15 deles disponibilizam os casos detalhados, o que representa 61% dos entes. No início da avaliação, essa taxa era de 16%.  Veja o cenário atual no mapa abaixo:


Confira abaixo a evolução de cada estado em comparação com avaliação realizada na semana anterior. A sétima rodada de avaliações foi feita a partir dos dados disponíveis na noite de 13 de maio.

A 8ª avaliação sai no dia 21 de maio.


Downloads:

#7 Boletim completo do Índice de Transparência Covid-19

Base de dados completa com a avaliação detalhada de cada ente.

Nota metodológica com o detalhamento dos critérios de avaliação.

Mais informações no site: transparenciacovid19.ok.org.br


Notice: Undefined variable: mesmoeixo in /var/www/ok.org.br/wp-content/themes/okbr/single-noticia.php on line 53