Maturidade em Dados Abertos: Entenda as 5 Estrelas

17 jan de 2013, por OKBR

Compartilhar


Dados Abertos entrou na pauta do governo brasileiro há pouco mais de 2 anos. Nesse período diversos eventos contribuíram para a crescente demanda dos órgáos governamentais por capacitação no tema. Podemos citar a Lei de Acesso à Informação – LAI 12.527/11, a Parceria para Governo Aberto (OGP do inglês), a criação da Infraestrutura Nacional de Dados Abertos – INDA, além das diversas iniciativas internacionais que incentivam o uso de tecnologias em prol de uma sociedade melhor.

A atividade de abrir dados, ou seja, de publicar dados abertos na Web, é realidade para uma parcela ainda pequena do governo. Para grande parte dos órgãos a falta de pessoas capacitadas é o principal motivo que contribui com essa realidade. Abrir dados não é uma tarefa trivial. Existem várias abordagens, algumas rápidas e outras mais complexas. É nessa perspectiva que nasce a necessidade de se criar um modelo de maturidade.

Foi, então, da necessidade de se qualificar as publicações de dados abertos que Tim Berners-Lee, o inventor da Web, sugeriu um esquema de 5 estrelas para publicação de dados abertos [1].

5star-steps

A proposta de Tim B-Lee é que cada nova estrela alcançada torne os dados progressivamente mais poderosos, mais fáceis pras pessoas utilizarem. Abaixo segue uma visão global do que representa cada estrela nesse esquema:

★☆☆☆☆
As coisas estão disponíveis na Web, independente de formato, sob uma licença aberta (Por exemplo um documento PDF sob uma licença aberta)

★★☆☆☆
A condição anterior mais, Disponível como dados estruturados legíveis por máquina (Por exemplo um arquivo Excel ao invés de uma imagem escaneada de uma tabela)

★★★☆☆
Todas as anteriores mais, Utilizar um formato não proprietário (Por exemplo um arquivo CSV ao invés de um Excel)

★★★★☆
Todas as anteriores mais, Utilizar URIs bem desenhadas para identificar as coisas, então as pessoas podem referenciá-las

★★★★★
Todas as anteriores mais, Ligar seus dados com dados de outras pessoas para prover contexto

Para entender melhor as 5 estrelas leia esta página escrita por Michael Hausenblas [2].

Se você está começando a abrir dados mire nas 3 estrelas. De acordo com as leis dos dados abertos [3] só é considerado estritamente dado aberto se for no mínimo 3 estrelas. Publicar dados em CSV não requer conhecimento especializado. Este formato de arquivo pode ser gerado utilizando um editor de planilhas, como o LibreOffice Calc ou o MS Excel. Sonhe com o RDF mas publique primeiro em CSV.

“Publique logo, publique sempre”.

1. http://www.w3.org/DesignIssues/LinkedData.html
2. http://5stardata.info/
3. http://dados.gov.br/dados-abertos/

Editado: A figura foi editada após diversos leitores discordarem com a conotação que relacionava fortemente o PDF à primeira estrela. Agradeço a todos pela discussão construtiva e ao Leandro Salvador pela edição da nova figura. E Diego Rabatone e Alexandre Hannud Abdo por melhorarem ainda mais a figura.

Ver também


Notice: Undefined variable: mesmoeixo in /var/www/ok.org.br/wp-content/themes/okbr/single-noticia.php on line 53