Inovação Cívica

Por que você deveria apoiar a abertura dos diários oficiais

31 ago de 2020, por Ariane Alves

Compartilhar

O Querido Diário está no ar! Na última terça-feira (25), durante a sétima live do projeto Embaixadoras, o time de Inovação Cívica da OKBr lançou oficialmente a iniciativa de abertura dos diários oficiais municipais brasileiros com o uso da tecnologia. Temos uma longa jornada pela frente, mas devemos comemorar este histórico primeiro passo.

Para entender o valor dos dados contidos nos diários oficiais e, consequentemente, a relevância do Querido Diário no atual contexto do país, convidamos a professora e pesquisadora Gisele Craveiro (Colab-USP) e o cientista de dados Rhenan Bartels (Ministério Público do Rio de Janeiro) para compartilhar suas experiências ao lidarem diretamente com a publicação eletrônica dos atos dos governos.

Ambos expuseram os principais desafios – e não são poucos – que precisam enfrentar para acessar informações fundamentais para acompanhar e fiscalizar a administração pública. Atualmente, a forma de divulgação dos diários representa uma barreira para o acesso livre e transparente às ações oficiais, que acabam sendo disponibilizadas em formato “fechado” (difíceis de serem lidos por máquinas ou reutilizados) e sem nenhum tipo de padronização entre os órgãos que os publicam.

E é justamente a iniciativa de utilizar tecnologias como a criação de raspadores – robôs que extraem o conteúdo de sites – e de modelos de inteligência artificial para libertar essas informações e conectá-las com outras fontes de informação que fazem do Querido Diário um projeto tão promissor. Uma vez acessíveis e conectados, os atos públicos dos municípios brasileiros – compras, licitações, nomeações etc. –  poderão ser monitorados pelos cidadãos de maneira muito mais prática e ágil, aproximando a sociedade das ações de seus representantes.

A live foi conduzida por Mário Sérgio e Fernanda Campagnucci, que apresentaram ao público o hotsite do Querido Diário, contendo a primeira de muitas etapas do projeto: a realização de um censo para entender a atual situação dos diários oficiais publicados pelos 5.570 municípios. E a melhor notícia é que você pode ajudar a construir este projeto tornando-se voluntariamente uma pessoa colaboradora nesta etapa de coleta e análise de informações. Para contribuir, preencha este formulário até o dia 4 de setembro e aguarde as instruções de preenchimento da inédita e valiosa base de dados sobre os diários.

Confira os perfis dos participantes:

  • Gisele Craveiro – Formada em Ciência da Computação (bacharelado, mestrado e doutorado) e desde 2005 pesquisa temas relacionados ao acesso e compartilhamento da informação, principalmente a pública. Uma das fundadoras do Grupo de Pesquisa em Políticas para Acesso à Informação (Gpopai) e fundadora e coordenadora do Grupo de Pesquisa Colaboratório de Desenvolvimento e Participação da USP (Colab-USP). É docente da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH), ministrando disciplinas em seus cursos de graduação e credenciada no Programa de Pós em Mudança Social e Participação Política. Teve oportunidade de participar da construção da governança da Parceria por um Governo Aberto no Brasil, foi membro do Comitê Gestor da Infraestrutura Nacional de Dados Abertos e foi co-fundadora e primeira presidente do Conselho deliberativo da Open Knowledge Brasil. É membro da Iniciativa Latinoamericana por los datos Abiertos (ILDA) e da Red Internacional por Justicia Abierta (RIJA).
  • Rhenan Bartels – Cientista de Dados e Desenvolvedor de Software na Coordenadoria de Análises, Diagnósticos e Geoprocessamento do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro

Notice: Undefined variable: mesmoeixo in /var/www/ok.org.br/wp-content/themes/okbr/single-noticia.php on line 53