Advocacy e Pesquisa

Terceira fase do Índice de Transparência da Covid-19 incorpora dados da vacinação

02 jun de 2021, por OKBR

Compartilhar

Nova metodologia busca contribuir para o fortalecimento da transparência sobre a imunização em estados, governo federal e municípios 

As avaliações do Índice de Transparência da Covid-19 (ITC-19) serão retomadas em junho. Iniciativa da Open Knowledge Brasil (OKBR) que vem avaliando a qualidade dos dados e informações relativos à pandemia publicados pela União, estados brasileiros e suas capitais, o ITC-19 entra em sua terceira fase e passa a avaliar mais indicadores.

A principal mudança é a incorporação de critérios relacionados à vacinação no país. Foram incluídos dados sobre o processo de imunização, como quantidades de doses aplicadas, informações sobre grupos prioritários e coberturas vacinais, e dados de infraestrutura, como a quantidade de doses distribuídas aos entes e a disponibilidade de seringas e agulhas. 

Além disso, o Índice busca avançar também no detalhamento demográfico e geográfico da vacinação, observando a publicação de microdados e informações sobre a raça/cor e etnias indígenas de pessoas vacinadas. Com a incorporação desses novos critérios, parte daqueles já existentes foram alterados, buscando manter o Índice abrangente, mas ainda preciso e operacionalizável. 

“Temos acompanhado a abertura de dados da vacinação no país com preocupação, principalmente na esfera federal”, pontua Danielle Bello, coordenadora de Advocacy e Pesquisa da OKBR. “A nova fase do Índice vem para atender a essa necessidade de seguir avançando na transparência”.

Nesta nova fase, o ITC-19 passa a ser uma das iniciativas que compõem o Transparência Covid-19, que agrega um conjunto de avaliações da OKBR para monitorar a disponibilidade de informações sobre a pandemia. Além das avaliações do Índice, é possível acessar também o Monitor de Leitos e o Monitor da Vacinação, dois painéis que trazem um panorama da qualidade dos dados publicados pelo Ministério da Saúde.

“O contexto de permanência da crise sanitária demanda que o monitoramento que temos realizado desde abril do ano passado também continue, e em diferentes níveis e escopos de análise, garantindo o controle social sobre os demais entes além do governo federal”, complementa Fernanda Campagnucci, diretora-executiva da OKBR. 

O levantamento em estados e governo federal ocorre a partir da próxima segunda-feira, 07/6, e terá os resultados publicados na semana seguinte. Os gestores responsáveis pelos dados já receberam as avaliações prévias para revisão. Já as capitais terão a primeira avaliação em julho.

Confira a nota metodológica completa aqui

Sobre o Índice 

O Índice de Transparência da Covid-19 da OKBR foi lançado em 3 de abril de 2020 e, até junho, avaliou semanalmente estados e governo federal. Em sua segunda fase, a partir de julho, o ITC-19 passou a monitorar o dobro de indicadores com periodicidade quinzenal, além de incluir as capitais na avaliação.

Nesta terceira versão, o ITC-19 passa a incluir dados sobre a vacinação. Com base nas dimensões Conteúdo, Granularidade e Formato, o Índice chega a 36 critérios de avaliação. As rodadas passarão a ser mensais e os resultados de União e estados e os das prefeituras serão publicados de forma intercalada. Quanto mais adequada aos padrões de dados abertos for a forma de divulgação adotada pelo órgão, melhor a avaliação recebida.

Para além das avaliações periódicas, boletins especiais e temáticos têm sido produzidos desde setembro de 2020, com foco na qualidade dos dados.


Notice: Undefined variable: mesmoeixo in /var/www/ok.org.br/wp-content/themes/okbr/single-noticia.php on line 53